Fibromialgia e dentes problemas estar ciente destas questões

Os dentes e a fibromialgia

A maior parte das pessoas que toma medicação para a dor, depressão e ansiedade nem pensa sobre este assunto. A boca seca é um efeito secundário deste tipo de medicação; sem saliva as cáries e as doenças das gengivas têm mais possibilidades de aparecer.

As pessoas com qualquer forma de artrite, desordens inflamatórias, doenças auto-imunes ou fibromialgia têm alto risco de desenvolver doenças da cavidade oral tais como (mas não só):
doença periodontal – mais do dobro do que os outros
perda de osso maxilar – moderada a severa
extracções – em média 12 dentes perdidos (segundo estudos)

Investigadores da University of Maryland Medical Center publicaram as suas descobertas ligando a doença periodontal à autoimunidade, em Outubro de 2010. As provas obtidas explicam porque o uso de fio dental previne problemas periodontais e também porque algumas pessoas são mais afectadas por esta doença do que outras. Esta teoria pode também ser ligada ao facto de, tanto o risco de doença periodontal como o de desordens auto-imunes, aumentarem com a idade.

“Na periodontite as gengivas afastam-se dos dentes e formam espaços (bolsas) que acabam por ficar infectadas. O sistema imune combate as bactérias enquanto a ‘placa’ aumenta e cresce abaixo da linha das gengivas. As toxinas produzidas e a resposta natural do corpo à infecção, começam a desfazer o osso e o tecido connectivo que seguram o dente no lugar. Se não forem tratados tanto o osso como a gengiva e os tecidos serão destruídos. Os dentes ficarão, eventualmente, soltos e têm que ser removidos.”
Sinto a boca seca, graças à medicação, desde há alguns anos para cá. Há um ano e meio disseram-me que eu começava a ter periodontite. O higienista oral encontrou vários dentes com ‘bolsa’. Escovo os dentes duas vezes ao dia mas, para ser honesta, só usei o fio dental na semana anterior à consulta.

Seis meses mais tarde voltei ao dentista. Por essa altura já usava o fio dental com mais frequência e isso provou-se eficaz. Estava muito melhor.

Esta semana cá estou, de volta ao consultório, para ouvir o sermão do ‘Porque usar o fio dental’.
Ele disse-me que eu estava a sangrar bastante e eu disse-lhe que era normal.
‘As pessoas com periodontite podem sangrar das gengivas enquanto escovam os dentes, o que é, normalmente, o primeiro sinal de que existem problemas. Usar o fio dental durante uma semana faz com que esse sangramento pare.’
A explicação continuou ‘uma das teorias diz que a doença nas gengivas pode fazer com que as bactérias entrem na corrente sanguínea indo alojar-se nos depósitos de gordura que existem nos vasos sanguíneos no coração. Isto pode provocar coágulos e originar ataques cardíacos’.

Depois da limpeza feita e dentes examinados com atenção o médico perguntou-me se eu queria boas notícias. ‘Claro, mereço uma medalha de ouro.’ Tive realmente boas notícias, o problema estava controlado e eu tive que dizer ao médico que ‘ele é o meu dentista preferido’.
Saí do consultório com uma nova escova de dentes, fio dental e um elogio, ‘os seus dentes são lindos’.
Este é um dos efeitos secundários da nossa “doença invisível” mas temos a possibilidade de o controlar.
Bebam muita água e usem o fio dental diariamente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *